Pesquisar este blog

Carregando...

São Lourenço a Cidade da copa

A CONQUISTA

Pernambuco marcou um gol de placa.
São Lourenço da Mata é a Cidade da Copa de 2014.

Desde o dia 31 de maio de 2009, o estado de Pernambuco iniciou a contagem regressiva para receber, em 2014, a Copa do Mundo de Futebol. Eram 15h30, horário de Brasília, quando o Comitê Executivo da Fifa, em reunião em Nassau, nas Bahamas, anunciou que São Lourenço da Mata era uma das 12 escolhidas cidades-sede do mundial, das então 17 concorrentes.

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, apresenta as cidades-sede da Copa de 2014.

O Nordeste celebrou uma conquista a parte ao ter também como cidades indicadas Fortaleza, Salvador e Natal, totalizando quatro sub-sedes. Os outros destinos escolhidos foram: Cuiabá, Manaus, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, e Brasília. Já Florianópolis, Goiânia, Campo Grande, Rio Branco e Belém ficaram de fora da Copa de 2014.
Entre os critérios analisados pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) estavam: uso da verba disponível para o evento, venda de ingressos, estádios, estrutura para treinamentos, facilidades para a mídia, possibilidade de realização de congressos e eventos, segurança, telecomunicações, transportes e capacidade de acomodação (setor hoteleiro)


O prefeito de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca, acompanhou o anúncio das cidades-sede da Copa ao lado do governador do Estado, Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas, e do presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira.

No Palácio das Princesas, autoridades acompanharam o anúncio da Fifa (Foto: Aluísio Moreira/SEI)

O clima era de muita expectativa, já que informações extra-oficiais de bastidores já atestavam a certeza pela indicação de Pernambuco. A reação dos líderes e dos demais convidados, entre deputados federais, estaduais e secretários de Estado, não foi diferente da dos milhares de pernambucanos que acompanham a transmissão.


Ettore Labanca comemora conquista ao lado do governador Eduardo Campos (Foto: Aluísio Moreira/SEI)

A COMEMORAÇÃO

São lourencenses lotaram o Pátio de Eventos para comemorar a indicação.

Confiante de que seríamos contemplados com a Cidade da Copa, nos vestimos nas cores da bandeira brasileira para recebermos o presente. Uma grande estrutura foi montada para sediar uma festa jamais vista pelos são lourencenses. Cerca de 20 mil pessoas tomaram o Pátio de Eventos da cidade para aguardar o tão esperado momento.
A explosão de alegria foi retratada em pulos e abraços de uma multidão embalada pelo sonho de presenciar cada etapa da construção da nossa Cidade da Copa, que representa um novo futuro para o município. Um futuro com desenvolvimento, com oportunidades de emprego e com a chegada de novos projetos e conquistas.
A festa ganhou um brilho ainda mais especial com a chegada do prefeito Ettore Labanca e do governador Eduardo Campos, por volta das 17h30. Uma queima de fogos de mais de cinco minutos anunciava a chegada de uma comitiva de autoridades estaduais, e dava início ao ápice dos festejos.

Show de fogos durou mais de cinco minutos anunciando o ápice das comemorações.

O cantor e compositor pernambucano Alceu Valença foi uma das atrações principais da festa, e quem recebeu no palco a presença do prefeito e governador que, com discursos acalorados, dividiram com a população a importância de nos tornarmos a Cidade da Copa. Com a indicação, ressaltaram eles, ganha São Lourenço da Mata, ganha o Recife, e ganha todo o Estado, com mais empregos e com o desenvolvimento do turismo.

O cantor Alceu Valença recebeu o governador e o prefeito no palco.

Em agradecimento por ter São Lourenço da Mata representando o Governo do Estado na Copa de 2014, Labanca presenteou Eduardo Campos com a maior comenda do município: a Comenda da Ordem do Mérito do Pau-Brasil.

Labanca, ao lado do filho Vinicius, condecora o governador com a Comenda do Mérito do Pau-Brasil.

CIDADE DA COPA NA IMPRENSA

Uma prévia da projeção que São Lourenço da Mata ganhará nos próximos tempos foi vista em todos os jornais do Estado no dia seguinte ao anúncio da Fifa. O nosso município estampou a capa das edições do dia 1º de junho de 2009, intitulada como a cidade que sediará a Arena do Mundial de Futebol.


O POR QUE DA ESCOLHA

Tendo apresentado a Fifa um dos mais grandiosos projetos, com investimentos orçados em R$ 1,6 bilhão, Pernambuco era um dos estados favoritos do Nordeste para sediar a Copa de 2014. E o resultado favorável foi, de fato, confirmado. Assista agora ao vídeo divulgado pelo Governo do Estado com as explicações que reforçam a escolha de São Lourenço da Mata como a Cidade da Copa.


VANTAGENS E BENEFÍCIOS

A possibilidade de criação de uma nova centralidade para a região metropolitana, em São Lourenço da Mata, surge da oportunidade de implantação de novos equipamentos metropolitanos (arena, centro administrativo, hospital, campus da UPE, entro outros), enquanto demanda do Governo do Estado. Dentre estas demandas se acrescenta o atendimento ao déficit habitacional para os servidores estaduais, como público potencial à apropriação da oferta de moradia numa operação urbana proposta.

Planta baixa da Cidade da Copa

A área, situada praticamente no centro geográfico da Região Metropolitana do Recife, entre às margens do rio Capibaribe e a BR-408, na confluência dos municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, o que reforça a conjectura de criar uma centralidade metropolitana, tendo em vista os grandes investimentos previstos neste contexto, seja na região sul e norte da RMR.
O projeto da "Cidade da Copa" foi entregue à Fifa e prevê a construção de um estádio, um conjunto habitacional, um centro comercial, hotel, e outros investimentos privados que somados chegam a um R$ 1,6 bilhão. O Governo de Pernambuco entra apenas com o terreno, pois o empreendimento será realizado através de uma Parceria Público-Privada. Argumentos levantados pelo governo de Pernambuco para defender São Lourenço da Mata como sede da "Cidade da Copa":

  • Localização estratégica no contexto metropolitano;
  • Plena acessibilidade e mobilidade;
  • Área potencial de adensamento e expansão urbana;
  • Valorização ambiental;
  • Inclusão social;
  • Reabilitação urbana do território de implantação da ARENA – conceito da Operação Urbana Consorciada.

O COMEÇO DE TUDO

Em 15 de janeiro de 2009, data limite para a definição de qual seria o projeto oficial de Pernambuco, o governador Eduardo Campos, junto com o prefeito Ettore Labanca e o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Carlos Alberto de Oliveira, anunciam a Cidade da Copa em São Lourenço da Mata. O relatório com o Segundo Caderno de Encargos, os Projetos Básicos e as Garantias Complementares foi enviado à sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para ser avaliado.

Governador Eduardo Campos anuncia escolha por São Lourenço.

Após o anúncio do Governo de Pernambuco, a expectativa ficou em torno da visita dos inspetores da Fifa. Em 06 de fevereiro, um grupo de técnicos da entidade desembarcou no Aeroporto Internacional do Recife, onde assistiram a uma apresentação sobre suas instalações e a capacidade operacional. Depois, sobrevoaram o município de São Lourenço da Mata, para analisarem o terreno onde será instalada a Cidade da Copa.

Ricardo Teixeira, presidente da CBF, Eduardo Campos, governador de Pernambuco, inspetor da Fifa e Ettore Labanca, prefeito de São Lourenço da Mata.

OS PRIMEIROS PASSOS

Findado o processo burocrático, é hora de começar a tirar o projeto do papel e dar início às obras necessárias para "transformar o sonho em realidade". E os primeiros passos para o início das obras na Arena da Copa do Mundo 2014 já foram dados. Tudo começou em agosto com o mapeamento e prospecção de todo o terreno pelo departamento de arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante o processo de mapeamento, que durou cerca de dois meses, foram achados algumas louças dos XVII e XIX, que devem ter sido usadas pela aristocracia açucareira, já que os engenhos de cana ficavam em boa parte desta região. Uma muralha antiga de uma ponte também foi encontrada. Todo o material achado está sendo catalogado e encontra-se sob a responsabilidade da UFPE.

Foto: Ricardo Fernando / Diario de Pernambuco

Paralelamente, o Governo do Estado tratou de cumprir o acordo firmado com os antigos moradores do local, realizando a desapropriação da área do bairro conhecido como Jardim Penedo. Só após o final deste processo foi possível se obter o parecer arqueológico e a licença de instalação da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) para que, finalmente, fossem iniciadas as tão esperadas obras da Arena e da Cidade da Copa.

A TODO O VAPOR

Com o cumprimento das regras e autorizações em mãos, as primeiras máquinas chegaram à área de mais de 250 hectares. As obras no terreno onde será construída a Arena da Copa do Mundo 2014 começaram em 28 de outubro de 2010 e estão a todo vapor. Ainda no processo de terraplenagem, aproximadamente 15 caminhões e máquinas pesadas trabalham retirando areia e preparam o local para a próxima etapa da obra, que é a de perfuração de rochas, raspagem e aterramento.

Foto: SECOM/SLM

Toda vegetação acidentada já foi retirada. Nesta etapa, o trabalho requer quase que exclusivamente apenas o uso das máquinas. A expectativa é a de que, numa próxima etapa, as obras já absorvam uma primeira parcela de mão-de-obra humana, priorizando os trabalhadores de São Lourenço da Mata e de outros municípios da região metropolitana oeste.

LIVRE ACESSO

Foto: SECOM/SLM

Um dos principais eixos de ligação com o município de São Lourenço da Mata, a BR-408 está com as obras de duplicação em andamento e será realizada em um trecho de 19,7 quilômetros, no entroncamento entre a BR-232 e a PE-05.

Foto: SECOM/SLM

Uma nova estação de metrô Cosme e Damião também já está em construção entre o Terminal Integrado de Passageiros (TIP) e Camaragibe, e será ligada ao estádio da Copa por um ramal de Veículo Leve sobre Trilho (VLT). O VLT irá substituir o trem à diesel que faz o percurso da estação do bairro do Curado até a estação no centro da cidade do Cabo de Santo Agostinho.